Aviso

TRIBUTAÇÃO DE JUROS SOBRE CAPITAL

A receita federal por meio da inscrição normativa RFB n° 1869 de 25/01/2019 publicada em 28/01/2019 alterou o inciso X do art.19 e o inciso XVII do art. 22 referente a forma de tributação dos juros sobre o Capital das cooperativas.

Com a alteração da normativa, o rendimento calculado anualmente passará a ter tributação mediante tabela progressiva.

A nova forma de tributação é válida somente para os rendimentos dentro do ano de 2019, não tendo efeito sobre os rendimentos de 2018.

Importante ressaltar que a cooperativa, mesmo adequando à normativa, continuará com o rendimento sobre o Capital competitivo ao mercado comparado a outras aplicações conservadoras.

Devido a mudança no cálculo, as informações sobre os rendimentos só ficarão disponíveis no extrato de capital após o cálculo geral que ocorrerá no encerramento do exercício.

Cooperados que foram desligados ou que solicitarem desligamento da COOPERFEMSA, receberão o valor relacionado ao rendimento do seu capital no ato do desligamento, conforme regras da Cooperativa.

Atenção: Para declaração de Imposto de Renda de 2020, a partir de 1 de março de 2020, baixe seu Informe de Rendimento no APP ou Internet Banking e preencha as informações na sua declaração, evitando assim o risco da mesma cair na malha fina da Receita Federal.

Em caso de dúvidas, entre em contato com a COOPERFEMSA, pelos canais oficiais de comunicação.